Blog

Vendas por e-commerce bate o recorde no 1º semestre de 2021 alcançando R$ 53 Bilhoes em vendas

Mais uma vez o E-commerce vem se mostrando um dos modelos de negócio mais consolidados e lucrativos da atualidade. O relatório Webshoppers, o mais completo relatório sobre comércio eletrônico do Brasil, elaborado pela empresa Ebit | Nielsen, aponta um crescimento de 31% das vendas no primeiro semestre de 2021 comparado com o mesmo período do ano de 2020, contudo, isso equivale a R$53 bilhões em vendas.

O número de novos pedidos aumentou em 7% e o ticket médio aumentou em 22%, atingindo o valor de R$534. Essa alta indica que os novos clientes estão gastando valores maiores e fazendo mais pedidos, mostrando que comprar online é um hábito que conquista cada vez mais a população brasileira.

Dispositivos móveis


Atualmente, as vendas através de dispositivos móveis (celulares, tablets e smartphones) tiveram um crescimento de 28,4% e atingiram o valor de R$28,2 bilhões. Além disso, as compras através de dispositivos móveis representam mais da metade do faturamento total do comércio eletrônico no Brasil.

Segundo o relatório, os segmentos que mais tiveram altas nesse primeiro semestre foram os setores de artigos esportivos, e de itens para casa e decoração. O setor de artigos esportivos com um aumento de 37% no volume de vendas e o setor de decoração com um aumento de 155%.

 

Expansão do E-commerce

Segundo o líder de e-commerce da Ebit|Nielsen, Marcelo Osanai “O consumidor, adaptado à comodidade do comércio eletrônico, compra de forma mais recorrente e busca produtos em diversas categorias. O brasileiro está hiperconectado, consome conteúdo ao mesmo tempo, em diversas telas, isso é o ambiente propício para o e-commerce. Ele assiste algo na televisão, acessa as redes sociais, vê um produto de interesse e realiza a compra. Tudo muito simples e ágil ao toque das mãos” afirma Osanai.

No ranking de segmentos que mais vendem no Brasil após as lojas de departamento, foram registrados os seguintes segmentos em ordem:

Consumidor de e-commerce brasileiro no Primeiro Semestre de 2021


No primeiro semestre de 2021, o consumidor brasileiro comprou mais vezes e também gastou mais. São 100 milhões de pedidos com R$ 534 gastos em média. Representa quase o dobro de pedidos de um não tão distante 2017, por exemplo.

 

O semestre trouxe menos novos consumidores para o mercado – 6,2 milhões de novas pessoas (foram 7,3 milhões em 2020). Porém, o número de consumidores que fizeram pelo menos um pedido chegou a 42 milhões, 1 milhão de pessoas a mais que no primeiro semestre de 2020.

Esses novos consumidores também gastam mais que os recorrentes em média, são R$ 556 de ticket médio dos novos consumidores, contra R$ 531 de consumidores recorrentes, ambos maiores que os números do ano anterior (R$ 425 e R$ 441 respectivamente).

Compartilhe

 

Ekomercio é uma plataforma de e-commerce que permite você criar em apenas alguns minutos uma loja virtual para vender seus produtos em vários canais, com muita facilidade e total independência e sem comissões.

Newsletter

LEVE O SEU NEGÓCIO PARA O PRÓXIMO NÍVEL.

Entre para nossa lista VIP. Coloque seu e-mail abaixo e receba as melhores dicas para ter um negócio de sucesso na internet.

* não fazemos spam.